4 Dicas de Livros de Desenvolvimento Pessoal

4 Dicas de Livros de Desenvolvimento Pessoal

10 de maio de 2019 Sem categoria 1

O desenvolvimento pessoal é um processo vitalício. Aliás, é uma forma das pessoas dedicarem algum tempo para si mesma, sendo uma das formas de se manter autoconscientes diante de qualquer situação da vida.

Dedicar-se ao autodesenvolvimento é uma maneira de acessar suas qualidades, habilidades e considerar seus objetivos e metas de vida. Porém, como qualquer outra atividade demanda atenção e estudo de nossa parte.

Livros, palestras, documentários e diversas outras referências podem nos ajudar nesse processo de autorreflexão. Com isso em mente, pedimos para as Fundadoras da Sensis, Erica Pesseti e Franciele Zazycki, separassem quatro dicas de livros de desenvolvimento pessoal para você.

Está em busca de uma nova leitura para esse momento? Confira a lista a seguir.

Gestão da Emoção – Augusto Cury

Augusto Cury é um psiquiatra, psicoterapeuta e pesquisador. Em Gestão da Emoção ele ensina que gerir a emoção não é apenas cuidar do que você sente, mas também do que você pensa e da forma como se comporta. Para ele, esses fatores estão conectados com sua formação de crenças, que podem ser limitantes ou não.

No livro ele também traz ferramentas que ajudam a criar novas atitudes e hábitos, trabalhando as emoções de maneira consciente.

Dica da Erica Pesseti: Esse livro aborda o tema de uma maneira clara e direta enfatizando que não é possível ser bem sucedido na área profissional, social ou afetiva se não aprendermos a gerir nossa mente. Com técnicas simples e bem explicadas, o autor nos ensina a cuidar das emoções e resgatar nossa qualidade de vida.

Atenção Plena – Danny Penman e Mark Williams 

O livro Atenção Plena de Danny Penman e Mark Willians tem mais de 300 mil exemplares vendidos e foi recomendado pelo Instituto Nacional de Excelência Clínica do Reino Unido. Nele você irá encontrar uma série de práticas simples para expandir sua consciência e quebrar o ciclo de ansiedade, estresse, infelicidade e exaustão.

O livro explica que ao tomar consciência daquilo que você sente, será possível identificar sentimentos negativos antes que eles ganhem força e desencadeiem um fluxo de emoções nocivas. Esse fluxo de emoções é o que faz com que se sinta estressado, irritado e frustrado.

Dica da Érica Pesseti: O livro oferece uma série de práticas simples para enfrentar os desafios do dia a dia e focar a atenção no momento presente sem julgamentos. Uma oportunidade de melhorar o foco e autocontrole, além de diminuir a ansiedade e o estresse.

Liderança Tranquila – Não diga aos outros o que devem fazer, ensine-os a pensar – David Rock

Liderança Tranquila relaciona informações de pesquisas realizadas pela neurociência focada no aprendizado humano e autodesenvolvimento com o tema de liderança.

O autor levanta a reflexão de que lideres tranquilos são mestres em revelar o melhor potencial das pessoas. Eles contribuem com questionamentos para as pessoas desenvolverem novas formas de pensar, mais efetivas para todos. Para ele, os líderes devem atuar mais como coaches (treinadores), verificando e analisando novas maneiras de melhorar o desempenho de sua equipe.

Dica da Franciele Zazycki: Apesar de ser um livro com foco corporativo, podemos aprender muito sobre nós mesmos e as relações que estabelecemos. Quando estiver lendo é importante relacionar as situações e momentos do livro com o que vivemos no dia a dia em todas as esferas sociais. Esse é um ótimo livro para repensar o relacionamento com os filhos, cônjuges, familiares, amigos e colegas.

Quietinho Feito um Sapo – Eline Snel

Quietinho Feito Sapo traz uma introdução ao Mindfulness para crianças e pais. De forma simples e clara, a autora explica o conceito de Mindfulness (atenção plena). Além disso, mostra como essa prática pode ajudar as crianças a se tornarem menos agitadas e mais focadas, a dormirem melhor, aliviarem preocupações, raiva e se sentirem mais pacientes e conscientes.

Dica da Franciele Zazycki: As crianças estão muito conectadas e com muitos estímulos. Por conta disso, fica difícil propor um momento para acalmar e acolher. Esse livro é interessante pois propõe um momento de presença em família. Além disso, estimula as crianças a terem um primeiro contato com a atenção plena e serve para os pais iniciarem o processo de forma simples e leve.  

Esperamos que tenha gostado! Se você já leu alguns desses livros ou tem indicação de outros deixe um comentário.

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *